top of page
  • Writer's pictureRui Marques

Missão Paz em Timor

“ O esquecimento é a segunda morte. A lembrança, porta da eternidade”

Forum Estudante





No dia em que Timor passar, de novo, a um arquivo poeirento da nossa memória, os soldados indonésios vão agradecer-nos. Encontraram novos aliados. Os mortos de Santa Cruz voltaram a tombar à nossa frente e as nossas mãos ficarão manchadas do seu sangue. Os seus gritos serão mudos. Timor voltará a chorar lágrimas de dor e de raiva por um outro abandono que não merece. E nós...seguiremos como se nada fosse.

“É a vida!” dirão alguns do alto do seu conforto pragmático. Será? Que miséria de vida é esta?


Mas há um grito que revolve as entranhas da nossa consciência. Que rasga o esquecimento. Que não nos deixa sossegar.

Timor não pode passar com a leveza que tudo passa. Como se nada fosse. Timor precisa da nossa voz. Do nosso coração. Da nossa lembrança.

Os estudantes portugueses foram, nestas últimas semanas, a consciência crítica da Nação e a voz de um País dorido e arrependido. Mas podemos ser mais. Por nós passa o próximo e decisivo combate. O mundo precisa de Timor. Todos os dias. Por todos os meios. Sem hesitações, nem desfalecimentos. Até ao dia em que seja possível adormecer em paz em Timor.

Comments


bottom of page