top of page
  • Writer's pictureRui Marques

A vantagem de perceber a complexidade para evitar o simplismo…e algumas zangas

Uma das formas de atenuar a nossa zanga com o mundo é perceber que as coisas são mais complicadas do que parece e, tantas vezes, encontrar a solução para os problemas não depende só de uma vontade mágica e linear .


Daniel Innenarity, filosofo basco que esteve connosco há dois anos na Conferência Internacional sobre Governação Integrada, dizia no seu livro “Teoria da Democracia Complexa”, que o pior inimigo da democracia é simplismo. Ou seja, o desejo infantil de encontrar soluções fáceis, rápidas e baratas para os grandes desafios do nosso tempo. Precisamos, pois, de reverter a pulsão simplista que é uma tentação e campo de crescimento de todos os populismos do mundo.


Uma das organizações com quem temos aprendido muito é a Systems Innovation, rede internacional que desenvolve esta compreensão dos sistemas e da complexidade. Uma das áreas que tem trabalhado é o mapeamento sistémico, que nos permite evitar o erro de interpretar uma realidade de elementos desconectados e que, isoladamente, não são passíveis de ser entendidos. Só quando se considera as suas interações, resultados das relações entre eles, emerge uma compreensão de toda uma realidade que de outra maneira não seria possível.




Commentaires


bottom of page