top of page
  • Writer's pictureRui Marques

Com as mulheres do Irão

Solidariedade precisa-se. A coragem das mulheres iranianas que ousam enfrentar um poder ditatorial é impressionante. Da nossa parte, dizemos presente!


Nos últimos dias, depois da morte de Mahsa Amini, em 16 de setembro, assassinada pela “polícia da moralidade” no Irão, alegadamente por não usar corretamente o véu, as ruas deste país têm sido ocupadas por mulheres que protestam contra esta morte e tudo o que ela significa.


Entre as muitas imagens impressionantes que nos vão chegando, escolhi como ícone a interpretação de uma música da resistência italiana à ocupação nazi – Bella Ciao – que constitui um hino de coragem e revolta. Cantado em persa, traz-nos ter a certeza que há sempre quem resista à injustiça e indignidade.



Chegou-me através de Farid Vahid, Diretor do Observatório da África do Norte e Medio Oriente da Fundação Jaures que, no seu feed do Twitter tem partilhado informações relevantes sobre o que se está a passar no Irão com a revolta das mulheres iranianas.



Komentáře


bottom of page