top of page
  • Writer's pictureRui Marques

Quando amanhece?

Há muitos anos que me acompanha uma história que um dia ouvi.


“Um dia, um rabino saiu com os seus alunos para uma visita de campo, ainda antes do nascer do sol. Já em plena planície, perguntou-lhes: “como sabem quando amanheceu?”. Um respondeu-lhe: “quando somos capazes de distinguir uma oliveira de uma figueira”. Ele fez uma pausa silenciosa. Os olhos dos jovens fitavam-no esperando a sua resposta, antecipando que a que tinha sido dada não o satisfazia. Ele retorquiu-lhe: “amanhece quando olhas o rosto de um estranho e percebes que é teu irmão. Então amanheceu”.

Desde então, pergunto-me, em cada circunstância, como fazer amanhecer…


Há alguns que fazem amanhecer de uma forma muito especial. Conheci Cristobal Cólon. Sim, eu sei. Soa estranho. Mas é verdade. Este Cristobal Cólon tem 74 anos e fundou, com a sua mulher, Carmen, há 40 anos, um dos projetos mais extraordinários que já tive ocasião de visitar. La Fageda é, simultaneamente, um projeto empresarial bem sucedido e um projeto social de excelência.


Na simpática conversa que pudemos manter, durante um almoço nas instalações de La Fageda, pude perceber em primeira mão, como, há cinquenta anos este psiquiatra se desencantou (ou mesmo se revoltou..) com as condições de funcionamento do hospital de saúde mental em que trabalhava nesta região e decidiu seguir um outro caminho. Estávamos em 1973. Cerca de dez anos depois, compra uma quinta abandonada, num vale lindíssimo de faias, hoje reserva natural, e começa a construção deste sonho. Hoje tem mais de 350 trabalhadores, metade dos quais provenientes de situações de vulnerabilidade, a que se soma mais oitenta pessoas que são beneficiárias de vários serviços ocupacionais.



La Fageda assume-se com a “missão de melhorar a qualidade de vida e promover a integração social de pessoas vulneráveis, em La Garrotxa, na Catalunha, por meio de um trabalho digno. Para isso, utiliza uma poderosa estrutura empresarial, na qual emprega dezenas de pessoas com doença mental ou algum tipo de deficiência ou processo de exclusão.


O modelo de negócio nasce a partir da produção de produtos lácteos, de elevada qualidade, com particular destaque para a produção de dois milhões de iogurtes de elevada qualidade em cada semana. Compete diretamente com a Danone e outros gigantes do mercado e tem garantido a sua sustentabilidade com sucesso.


Orienta-se por quatro princípios de sustentabilidade:

  1. Incentivar o desenvolvimento de todas as pessoas do projeto.

  2. Responder às necessidades emergentes em matéria social no nosso território, nomeadamente promovendo o emprego, a formação e apoio a pessoas de grupos vulneráveis para melhorar a sua qualidade de vida e integração social.

  3. Trazer valor para a sociedade com bons produtos e bons serviços, num quadro de um projeto sem fins lucrativos, que reinveste todos os resultados que obtém.

  4. Cuidar do meio ambiente, fazendo uso responsável dos recursos naturais, energia e matérias-primas.

O mais recente projeto que La Fageda lançou, em 2022, é a Escola Novas Oportunidades que procura gerar caminhos de integração social para 70 jovens em risco de exclusão, desde logo os jovens migrantes que vão chegando nas pateras através do Mediterrâneo. É para eles que cooperaremos para que venha a ser possível que a Academia de Líderes Ubuntu seja mais um recurso para este projeto.


Nestes vídeos pode conhecer um pouco mais sobre este projeto e os seus fundadores, Cristobal e Carmen:




Comments


bottom of page